Kuta, Lombok – Indonésia

Saindo de Gili T, peguei um barco até a ilha de Lombok. Ainda tinha 4 dias até ter que pegar meu vôo e escolhi ir para Kuta. Tanto em Bali quanto em Lombok existem cidades chamadas Kuta, porém não existe comparação uma com a outra, Kuta, Bali é a cidade mais badalada e moderna de Bali, já Kuta, Lombok é bem rústica e super simples.
Chegando no porto de Lombok, dividi um taxi com outros 2 turistas (a corrida custou 10 dólares para cada), já que assim como Bali em Lombok não existe ônibus turísticos conectando as cidades.
Chegando em Lombok, fui atrás de alguma guesthouse, seguindo recomendação do meu guia Lonely Planet, negociei o preço (pedir desconto é sempre válido! 🙂 e fechei por 13 dólares um quarto privado com internet rápida! #luxo !
A cidade em si é base para surfista, o que não é o meu caso ahhah Mas existem inúmeros lugares que oferecem aula de surf, mas não quis encarar. Estava vindo de 6 dias na praia e confesso que já estava meio cansada de praia, porém aproveitei mesmo assim. Em geral ia logo cedo e depois no fim da tarde saia para correr (em uma dessas foi quando fui atacada pelo macaco muito louco 😛 )…
Não recomendaria esta cidade, a não ser que você seja surfista ou queira algo bem roots. Eu mesmo assim gostei, pois tive dias bem tranquilos, curtindo a paisagem, me exercitando, etc.
Screen Shot 2014-10-31 at 10.46.22

Lindo por do sol

JpegJpeg
Infelizmente vi muitas crianças trabalhando nesta cidade, basicamente vendendo estas pulseiras, porém elas eram muitas e muito insistentes :/ Comprei duas no inicio, porém não podia comprar mais. Quando estava na praia comecei a brincar com eles, e nos divertimos, pois eles são apenas crianças, que infelizmente devido as circunstancias tinham que estar trabalhando.
Saindo de lá, por 6 dólares taxis te levam ao aeroporto, que só existe um único na ilha e de lá segui para uma parada rápida de 24 horas em Kuala Lumpur, até pegar meu vôo para o Sri Lanka.
Ah vale dizer que para sair da Indonésia, deve-se pagar 150.000 rufias (cerca de 15 dólares). Eu já tinha limpado minha carteira de qualquer rupia possível e tive que correr à um caixa eletrônico para poder pagar a taxa. Então fica a dica 🙂
Indonésia é uma país lindo, barato, com comida boa e pessoas acolhedoras (acho que tenho falado isso de todos lugares que passei 😛 ) e sem dúvidas vale a visita. Acabei ficando quase 1 mês no país e talvez poderia ter conhecido mais lugares, como a ilha de Flores, onde encontra-se o dragão de komodo (foto), porém por já estar viajando a um longo tempo, tenho optado por fazer menos stops e curtir mais cada lugar.
Optei também por chegar em Java e sair por Lombok, e acho que foi uma escolha bem inteligente (modéstia parte) pois desta forma fui seguindo de barco, de uma ilha para a outra, e não tive que pegar vôos internos. Mais uma vez vale lembrar que a Air Asia conecta a maioria das grandes cidades do país. Deixei de fora Borneo e Sumatra (onde encontra-se os Orangoutangos), mas como disse, o país é muito grande e foi preciso escolher e no meu caso o que mais queria conhecer era Bali, onde passei 10 dias.
Levarei só lembranças boas deste país e sem dúvida entra para a lista dos países que voltaria 🙂
Cheers,
F. ❤
Advertisements