Roteiros para quem quer fazer um Mochilão

Lembro ainda hoje de quando voltei do meu primeiro mochilão, lá em 2011. Falei pra mim mesma: olha esse lance de viajar de mochila nas costas é muito legal, mas esse foi meu primeiro e último! Quero algo mais confortável daqui pra frente. hahaha Mal sabia eu que eu faria mais dois depois daquele.

Não sei bem o que mudou, acho que foi simplesmente o fato de amar viajar e como ainda sou nova e não tenho muitos recursos, a forma mais viável para se viajar é estilo mochileiro.

Diria que para fazer um mochilão, não necessariamente deve-se viajar só com uma mochila, vai além, é um estilo de viajar. É viajar com pouca grana, talvez ainda sem ter um roteiro certinho e estar disposto a passar perrengues 😛

Pois então, após muito tempo de abandono que este blog sofreu, resolvei escrever sobre algumas opções de roteiros para quem quer mochilar. Vou falar um pouco por cima, porém depois posso escrever mais a fundo sobre cada local.

1a Opção: America do Sul: Para nós esta pode ser a porta de entrada para quem quer fazer sua primeira viagem como mochileiro. Eu quando fiz meu destino foi: Bolivia e Peru.

Antes disso já tinha feito uma viagem em família e de carro! por Paraguai, Chile e Argentina.

No caso deste 1o mochilão, eu não tinha muito tempo então acabou sendo só estes 2 países em cerca de 15 dias. Para ir começamos cruzando a fronteira Brazil-Bolivia por Corumbá (MS)-Puerto Quijarro. Sou originalmente de Corumbá então pra mim, usar esta fronteira seria o mais obvio. Demos entrada no país, o que pode levar horas, devido as filas e compramos nosso trecho Puerto Quijarro-Santa Cruz de la Sierra, de trem. Eita viagem longa hein! Esse é o famoso trem da morte, hoje em dia recomendo fazer este trecho de ônibus, que é mais rapido e mais confortável. Porém se você quer ter a experiência roots de viajar pela Bolivia vá de trem. A viagem é tranquila, porém o trem viaja bem lentamente, a cada parada surge alguém vendendo frango frito, etc etc.

Não vou entrar em detalhe em cada cidade que passei, isso fica para a próxima, porém foi Santa Cruz de La Sierra – fomos de avião para Sucre, seguimos para Potosí e de la para UYUNI (nosso principal destino na Bolívia era conhecer o deserto de sal!) de UYUNI fomos para La Paz. Não ficamos em La Paz, seguimos para cruzar a fronteiro com o Peru e ficamos em PUNO, para fazer o passeio (pegadinha de turista) no lago Titicaca. De PUNO seguimos para CUSCO, após alguns dias iniciamos a peregrinação para conseguir chegar a MACHU PICHU.

De volta a Cusco, separei do meu grupo, pois tinha que voltar para São Paulo, então peguei um vôo para Lima, consegui ter algumas horas de passeio pela cidade e de Lima voltei para o Brasil. O restante do meu grupo começou o caminho de volta, e pararam em La Paz, onde teve até neve.

Esta é uma viagem bem roots, diria que até mais que Sudeste Asiático. Felizmente como somos hermanos sabemos que tem que estar ligado o tempo todo para ninguém passar a perna na gente, mesmo assim isso acontece. Os onibus são ruins, hospedam também, isso se vc estiver viajando com pouca grana né. Porém vale a pena pois as paisagens são belissimas!

the one and only: Machu Pichu

the one and only: Machu Pichu

2o Opção: Balcãs! Ok eu sei que essa é uma opção super incomum ahaha A maioria das pessoas depois que faz mochilão pela América do Sul o próximo passo é mochilar pela Europa ocidental. No meu caso, eu estava morando na Europa (na Itália) e tinha alguns dias de férias entra Natal e Ano Novo, então pensei, por que não?

Tenho anotado um relato de cada cidade e país que passei e que devo fazer um post em breve, porém eu super recomendo a região. Comida excelente, riqueza cultural, super barato e paisagens de tirar o folego!

Resumidamente meu roteiro foi: Budapeste, Hungria -> Zagreb, Croacia -> Sarajevo, Bosnia ->Mostar, Bosnia -> Dubrovnik, Croacia -> Budva, Montenegro -> Tirana, Albania -> Ohrid, Macedonia -> Escópia, Macedonia -> Sofia, Bulgaria -> Plovdiv, Bulgaria.

Tudo via terrestre, até por que fui sem roteiro definido. Fui sozinha, eu e meu guia Lonely Planet 🙂

Terminei em Plovdiv, na casa de uma amiga Bulgara que estudavamos juntas, então de lá pegamos um avião de volta para a Itália. Eu amei demais essa região! Depois ainda pude ir duas vezes para Sérvia, que vale também a visita (tentei ir neste primeira vez que viajei pela região, mas fui barrada na fronteira, estória essa que fica para a próxima).

Prometo escrever mais sobre cada lugar que passei!

Lago Ohrid, Macedonia!

Lago Ohrid, Macedonia!

3a Opção: Sudeste Asiático! Esse blog começou, no incio da minha aventura de 8 meses por esta região. Já escrevi um roteiro que sugiro para quem tem 30 dias para explorar a região (esta aqui no blog esse post). Esse é um destino muito comum para mochileiros europeus, no nosso caso acredito que o número de brasileiros esta crescendo porém ainda é bem pouco. Ah! tem também muito Australiano por ai.

A região é bem preparada para receber turistas, sendo estes mochileiros ou mais high end. Hostels estão por toda parte e os preços são os melhores. Viajei por 12 países e para isso é necessário tempo, porém mesmo sem muito tempo da para conhecer destinos que você jamais vai esquecer. Só de ir para a Ásia, já é algo que você jamais vai esquecer!

Aqui no blog já tem vários posts falando dos destinos que passei durante este tempo, então fique a vontade 🙂

Bali!

Bali!

Outros destinos: São tantos, mas com mochila nas costas ainda iria para América Central (da para fazer tudo via terrestre), Índia e Nepal, Kenya e Tanzânia, e tantos outros.

Espero conseguir escrever mais aqui no blog!

Bjs,

F.

Advertisements